Multicom - Agência Comunicação Institucional e Assessoria de Imprensa

Notícias / APDP organiza em 2017 a maior reunião científica sobre diabetes

6 de Maio de 2016

Lisboa vai voltar a receber o maior congresso mundial da área científica realizado em Portugal. A EASD - European Association for the Study of Diabetes vai juntar milhares de especialistas da área da saúde, entre os dias 11 e 15 de setembro de 2017. A Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) integra este organismo internacional e organiza o evento, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e da Associação de Turismo de Lisboa.

«Enquanto Associação que está na liderança da luta contra a diabetes, a APDP orgulha-se de estar envolvida neste que é um dos dois maiores congressos de Diabetes a nível mundial. Vários profissionais de saúde vão estar em Lisboa para debater novas ideias na área da investigação, novos tratamentos, programas educacionais, soluções e medidas que façam regredir o avanço de uma doença com largo impacto em Portugal e quarta causa de morte no mundo», defende Luis Gardete Correia, presidente da Comissão Organizadora do Congresso da EASD e presidente da APDP.

O EASD vai trazer à capital portuguesa mais de 18 mil especialistas que se dedicam ao estudo e investigação desta doença. Assim aconteceu em 2011, ano em que, lembrou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, houve um impacto direto de mais de 100 milhões de euros na cidade. Em conferência de imprensa, hoje, Fernando Medina agradeceu à APDP ter conseguido trazer este congresso a Lisboa, «pelo seu forte impacto, a disseminar por toda a economia da cidade».

A European Association for the Study of Diabetes (EASD) foi fundada em Montecatini, na Itália em 1965, com o objetivo de incentivar e apoiar a investigação na área da diabetes, a difusão rápida de conhecimentos e a sua aplicação. Os congressos anuais da EASD são o evento internacional mais importante relacionado com a investigação da diabetes. O Congresso Anual da EASD é a maior reunião científica sobre diabetes, juntando cerca de 18000 participantes vindos de mais de 120 países.


voltar