Multicom - Agência Comunicação Institucional e Assessoria de Imprensa

Notícias / Portugueses vão dar formação em saúde maternoinfantil em Moçambique

2 de Julho de 2015

A Health4MOZ, inicia no dia 10 a sua quinta missão humanitária em Moçambique para o melhoramento da vigilância na gravidez, assistência ao parto e cuidados neonatais. Esta ação humanitária decorrerá na cidade de Nampula, a cerca de 2.400 quilómetros de Maputo, onde existem "carências brutais" nestas áreas, de acordo com o que disse à agência Lusa a pediatra e presidente da associação Carla Rêgo.

Serão enviados cinco profissionais médicos portugueses, dois obstetras do Centro Hospitalar São João e três pediatras (dois do Centro Hospitalar do Porto e um outro da CUF), que darão em regime de voluntariado formação a 30 enfermeiros, 30 alunos de medicina, outros tantos médicos de clínica geral e 25 pediatras.

Para estas ações de formação a Health4MOZ adquiriu dois simuladores, vindos dos Estados Unidos e que, com um 'software' próprio, permitem recriar uma situação de parto, tendo custado cada um deles 7.000 euros. Para além deste investimento, a viagem implica ainda outros gastos como o alojamento e a própria deslocação, que ronda os 1.900 euros por pessoa, tendo-se realizado no Casin de Espinho um jantar de angariação de fundos, que custou 50 euros por pessoa e que integrou um concerto do músico Miguel Araújo.


voltar